Lusiaves e Escola Profissional de Aveiro juntos na educação profissional

0
156
Pub

A Escola Profissional de Aveiro (EPA) e o Grupo Lusiaves assinaram um protocolo de cooperação com vista ao desenvolvimento de formação profissional de nível IV, vulgo 12.ºano, para um perfil funcional de Técnico de Manutenção Industrial, nas áreas da metalurgia e metalomecânica.

O momento contou com a presença de vários elementos da estrutura da AEVA/EPA – Jorge de Almeida Castro e Cláudia Matos (Administradores da Associação para a Educação e Valorização da Região de Aveiro), João Tavares (Diretor para a Educação e Formação da EPA) e Paulo Quina (Coordenador Técnico e Pedagógico da EPA), entre outros elementos da estrutura intermédia da escola. Já da estrutura do Grupo Lusiaves, marcaram presença Sónia Matias, Renato Prata e Vítor Coutinho.

Nas linhas deste protocolo consta a definição de um plano de formação inovador, que vigorará entre 2022 e 2025, e que assenta numa solução de formação dual, de matriz mais prática e específica, face às necessidades das empresas parceiras. Desta feita, pretende-se que sejam estreitadas as relações entre o “mestre e o aprendiz”, capacitando os jovens de forma mais eficaz e concertada para uma integração no mercado de trabalho. Esta forma diferenciada de formar, em nada hipotecará a intenção de qualquer jovem no prosseguimento de formação pós-secundária.

“Este é um momento particularmente feliz para a Escola Profissional de Aveiro, para a região de Aveiro e para o país. Num momento determinante para o país, com a falta de mão de obra com que as empresas estão confrontadas, o modelo de educação profissional que está aqui a ser protocolado é um exemplo do que deve ser bem feito entre entidades capazes e que pensam bem o futuro do país. Ter o grupo Lusiaves ao lado da Escola Profissional de Aveiro, de um modo tão participado e empenhando, é para nós um orgulho. Queremos estar à altura dos desafios que as empresas e o país nos colocam” – refere Jorge de Almeida Castro, Administrador da AEVA.

“Com esta parceria o Grupo Lusiaves empenha-se em mais um projeto que se insere na sua estratégia de apoio à formação dos seus colaboradores e de apoio a projetos educativos socialmente relevantes. O contributo das nossas equipas será determinante para desenhar um plano formativo adaptado às necessidades concretas. O facto de a formação ser em parte em contexto profissional, com técnicos experientes e de sólida formação académica, garante uma formação com uma componente muito prática, com participação na resolução de problemas reais. Estamos certos de que esta proposta pode ser uma excelente oportunidade para os jovens que tenham esta orientação profissional” – disse Sónia Matias, Diretora de RH do Grupo Lusiaves.

O Grupo Lusiaves acolhe, assim, o projeto EPA que contempla, fruto do seu Plano de Inovação, um objetivo central de maior proximidade e envolvimento das empresas na formação profissional, nomeadamente na componente tecnológica e prática.

 

Pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui