18.3 C
Figueira da Foz
Quarta-feira, Julho 10, 2024

“Selos Postais – 55 anos de alertas contra a extinção e a perda de biodiversidade” no Cineteatro Messias

EU REPÓRTER?

Metereologia

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -

O Cineteatro Messias tem patente a exposição “Selos Postais – 55 anos de alertas contra a extinção e a perda de biodiversidade”, da autoria de Fernando Correia, diretor do Laboratório de Ilustração Científica do Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro, que resume mais de dois anos de estudo e investigação, e que procura ser um alerta para a necessidade de preservação da biodiversidade.

A mostra de Fernando Correia combina a vertente de elaboração de selos postais com a sua dedicação à ilustração científica de selos na área a biodiversidade, alertando para a extinção de plantas e animais. “Esta exposição leva-nos à problemática da perda da biodiversidade e à noção de que não há plano B. Se os animais e plantas forem desaparecendo, a nossa probabilidade de desaparecer é também muito grande”, afirmou o autor na cerimónia de inauguração.

Na exposição, podem ser vistos todos os selos publicados pelos CTT Correios de Portugal entre 1968 a 2023, a maioria com recurso à ilustração, 600 selos em doze metros de infografia, os selos criados pelo autor, com alertas para as espécies em vias de extinção ou já extintas, e mostra ainda os vários passos necessários para criar um selo postal, ou etiquetas autoadesivas, desde a ideia nuclear até à arte final que mais tarde irá dar suporte imagético ao selo postal.

Esta é uma exposição itinerante começou na Universidade de Aveiro, estará patente no Cineteatro Messias até final de fevereiro e só terminará, em 2025, na Universidade do Porto.

Fernando Gonçalves, diretor do Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro, enalteceu o trabalho de Fernando Correia, referindo que “ao divulgar estas imagens está a chamar a atenção para problemas do nosso planeta”.

Também António Jorge Franco, presidente da Câmara da Mealhada, sublinhou “a importância que o município dá à biodiversidade”, apelando a que as escolas possam visitar a exposição.

- Advertisement -

✚ Farmácias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -

Últimos Artigos