André Mora é o candidato à Junta de Freguesia de São Pedro pela lista “Pedro Machado – Figueira do Futuro”

0
227
Pub

Aos 30 anos, André Mora quer fazer da freguesia que o viu nascer, um local com espaços verdes aprazíveis, um local de orgulho para os residentes e para quem visita as várias localidades da freguesia de São Pedro.

A candidatura “Pedro Machado – Figueira do Futuro” à Câmara Municipal da Figueira da Foz apresentou o seu cabeça de lista à Junta de Freguesia de São Pedro. A aposta recai em André Mora que, aos 30 anos de idade, tem um vasto conhecimento e experiência na liderança e execução de projetos.

Integra a área do associativismo desde os 15 anos, uma experiência que André Mora acredita ter sido determinante para integrar e liderar a Associação de Estudantes do Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Coimbra (ISCAC). Foi aqui que frequentou a licenciatura em Gestão de Empresas – ramo Recursos Humanos que, frisa André Mora, “está em vias de conclusão”. É também na área do desporto que o jovem covagalense tem vindo a marcar golos sempre com sentido de orientação presente.

“Depois de sair da associação de estudantes achava que iria fazer uma pausa na vida associativa. Mas, senti necessidade de apoiar a minha terra natal com o Grupo Desportivo Cova-Gala que, na altura, estava para fechar portas”, refere o antigo presidente deste Grupo que hoje, profissionalmente, exerce funções de gestão e planeamento na Federação Portuguesa de Orientação.

Quanto á sua candidatura à Junta de Freguesia de São Pedro, André Mora é perentório em afirmar que “a população está a precisar de uma lufada de ar fresco, de juventude, de motivação e empenho”.

“Há uma estagnação muito grande e acredito que estamos a precisar de mudar. Precisamos de abanar as águas e trazer, para dentro dos projetos, pessoas com capacidade física e intelectual para pensar e executar projetos”, sublinha.

“Devolver aos covagalenses o orgulho pelo rio e mar, através da criação de infraestruturas que proporcionem o seu estudo e usufruto” é um dos objetivos do candidato, assim como “zelar pela conservação e manutenção dos espaços públicos”.

“O Estado, neste caso o poder local, tem o dever de promover a saúde e bem-estar da população, algo que hoje não se verifica na nossa freguesia”, sublinha, lembrando ainda “a urgência do problema da erosão costeira e a necessidade de criar um espaço ajardinado aprazível” para a população.

Na apresentação, Pedro Machado, líder da candidatura “Figueira do Futuro”, destacou “a capacidade de trabalho” de André Mora, realçando que “o seu empenho e dedicação à freguesia de São Pedro” são características que levam à escolha do candidato.

André Mora é já o oitavo cabeça de lista às juntas de freguesia apresentado pela candidatura “Pedro Machado – Figueira do Futuro”, depois de Carlos Moço (Buarcos e São Julião), Maria Dulce Bernardes (Marinha das Ondas), Elisabete Acúrsio (Bom Sucesso), Pedro Pinto (Alqueidão), José Elísio (Lavos), Maria Salvador Oliveira (Ferreira-A-Nova) e Gilberto Oliveira (Moinhos da Gândara).

Pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui