«Luto», um espetáculo sobre o incêndio de 2017, chega à Figueira da Foz a 30 e 31 de julho

0
81
Pub

O espetáculo «Luto» chega a Figueira da Foz, a 30 e 31 de julho, sexta-feira e sábado, numa iniciativa da Câmara Municipal com a Rede Artéria. A peça tem como mote o incêndio de 15 de outubro de 2017 e terá lugar no espaço envolvente da Piscina Municipal do Paião, às 21 horas.

O espetáculo, que foi criado em Tábua para a Rede Artéria, vai debruçar-se, segundo o município, sobre “as questões do trauma e da catástrofe”. «Luto», que estreou em Tábua, em julho de 2019, resultou de um “processo de criação artística” envolvendo aquele município do interior do distrito de Coimbra e a população local, esclarece o Município da Figueira da Foz.

A peça de André Braga e Cláudia Figueiredo explora “a dupla significação do termo ‘luto’, enquanto processo de lidar com a perda – de vidas humanas, de memórias, de espaços físicos – e enquanto verbo lutar – resiliência e empenho das populações e da natureza por imaginar outros futuros”.

O acesso ao espetáculo é gratuito, para maiores de 12 anos, e os bilhetes devem ser reservados através do e-mail: servico.educativo@cm-figfoz.pt ou do telefone 233 402 840. Posteriormente, os bilhetes serão levantados no Museu Municipal Santos Rocha ou na Junta de Freguesia do Paião.

O Artéria é coordenado academicamente pelo Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra e artisticamente pelo Teatrão. Carateriza-se como um projeto que pretende criar e circular em oito concelhos da região Centro – Belmonte, Coimbra, Figueira da Foz, Fundão, Guarda, Ourém, Tábua e Viseu.

Saiba mais sobre o evento aqui.

Pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui