Pub

O coletivo de juízes absolveu o eletricista da Figueira da Foz acusado de instalar `boxes` de televisão ilegais, tal como os alegados 37 clientes desse serviço alegadamente ilegítimo, por não ter ficado provado qualquer pagamento, pela actividade, ao principal arguido.

Relativamente aos 37 alegados clientes, o Tribunal de Coimbra considerou que não estava em causa um crime de acesso ilegítimo.

Pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui