Intercultural Surf for Kids no Cabedelo: No mar todos são iguais

0
69
Pub

Dezenas de crianças entre os 5 e os 10 anos, de 11 nacionalidades, oriundas do sul do concelho da Figueira da Foz, experimentaram este sábado o surf na Praia do Cabedelo, numa iniciativa solidária comemorativa do Dia Internacional da Criança.

“No mar não há diferenças, não há países, todos são iguais. E o que é verdade para o mar, no surf, é também verdade em terra: brincaram uns com os outros, conheceram-se uns aos outros e nós cumprimos aquele que era o nosso objetivo primeiro, contribuir para uma melhor integração de todos estes meninos e meninas”, disse Eurico Gonçalves, porta-voz dos promotores do Intercultural Surf For Kids.

O dia na praia começou cedo, com chuva à mistura, obrigando a organização a mudar o Centro de Recursos do Intercultural Surf For Kids da praça do Cabedelo para as instalações da Associação de Desenvolvimento Mais Surf (ADMS), permitindo, deste modo, a normal recepção aos participantes na iniciativa e a preparação dos pequenos surfistas.

Ao longo da manhã, a chuva foi dando algumas tréguas mas voltou em força no final dos baptismos de surf (realizados por monitores das seis escolas promotoras), levando a segunda parte do programa, uma ‘petiscada’ intercultural, com gastronomia portuguesa, venezuelana e do Bangladesh, de volta às instalações da ADMS.

E foi já com o sol, finalmente, a brilhar sem restrições, que crianças e respetivos encarregados de educação, monitores de surf, estagiários, voluntários, elementos da organização e convidados, num total de quase 200 pessoas, puderam conviver em redor dos ‘petiscos’ preparados pelos ‘masterchefs’ do Bangladesh, Saidul Islam e Mohammed Joshin, com a ajuda de Mickael Oliveira, de Deunys Perez e Cecília Vega (Venezuela) e Arletty Romero (Peru) e do português Albano Mendes, um mestre a assar sardinha.

A todos, a organização do Intercultural Surf for Kids agradece a disponibilidade e o carinho com que encararam a função.

Os promotores agradecem ainda a presença aos representantes da comunidade nepalesa da Marinha das Ondas, bem como aos familiares das crianças da Escola Básica da Gala (Centro Escolar de São Pedro) e aos restantes pais e encarregados de educação dos alunos em ‘home schooling’ e do Agrupamento de Escolas do Paião.

O Intercultural Surf for Kids é uma iniciativa que visa a integração das crianças estrangeiras ou filhas de pais estrangeiros, residentes no município da Figueira da Foz, através do surf e da interação com crianças portuguesas da mesma idade.

Esta primeira edição teve como promotores a Associação de Desenvolvimento Mais Surf (ADMS), a Associação de Marketing e Promoção Turística (AMPT), a Associação de Surf da Figueira da Foz (ASFF) e as escolas de surf Surfing Figueira, iSurf, Quinta D’Anta, Surf’ Scool, Ticket to Surf e Dude Surf School.

O Intercultural Surf for Kids contou com o apoio do Município da Figueira da Foz, Junta de Freguesia de São Pedro, Junta de Freguesia da Marinha das Ondas, Marinha e Autoridade Marítima Nacional, Administração do Porto da Figueira da Foz, Agrupamento de Escolas da Zona Urbana da Figueira da Foz e Agrupamento de Escolas do Paião, constituídos como parceiros institucionais.

A iniciativa contou ainda com os imprescindíveis patrocínios da GlassDrive, Janelas do Mondego, Luxos Urbanos, ANR, Alldresscode, Paulo Pinto Seguros, Centro Litoral, Lusiaves, Farmácia Almeida Sousa, Fruti Taipina e Padaria Dionísio.

Pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui