Exposições com memória para ver no CAE

0
10
Pub

Até ao dia 28 de Agosto podem ser visitadas, no Centro de Artes e Espectáculos, as exposições “Um Projeto com Memória”, que tem por base os estudos do arquiteto Luís Marçal Grilo; “Luz para as Abadias” e “Luz para as Abadias – 20 Anos Depois”, ambas de Luísa Ferreira.

Um Projeto com Memória”

O local de implantação do Centro de Artes e Espectáculos foi determinante para a definição das suas características formais, moldadas no conjunto volumétrico, de grande sobriedade, que dignifica e valoriza o Parque das Abadias.

Numa perfeita simbiose do edifício com as Abadias, o cenário natural que a transparência do vidro transpõe para o interior, inunda-o de luz. Quer pela cor quer pela textura, todos os materiais estabelecem, de algum modo, uma relação única com a Figueira da Foz, eternamente conotada com a luz, o mar e o lazer.

A dicotomia interior/exterior impele à visita e a sentir o espaço que, na sua simplicidade formal, oferece cultura e convida à fruição.

Luz para as Abadias” e “Luz para as Abadias – 20 Anos Depois”

«Cartografia da Figueira da Foz do Mondego. Encontrei a Maria do Mar, o rio, o areal, a serra, o mar, o porto, a cidade, as pessoas, as Abadias. O título “Luz para as Abadias” incorpora o que o Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz, projetado pelo arquiteto Luís Marçal Grilo, trouxe para o Parque das Abadias. “Luz para as Abadias 20 anos depois” tenta reencontrar o território e as suas gentes, sendo o mar gerador de um grande estímulo para muitas pessoas que aqui vivem ou aqui regressam. Agradeço imenso a todos que me acolheram, que se deixaram fotografar e ajudaram nestas expedições fotográficas pelas terras e pelo mar da Figueira da Foz» – Luísa Ferreira.

 

Pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui