Projeto “Smart City” regista marco histórico no concelho da Figueira da Foz

0
49
Pub

Dia 22 de julho assinalou um marco histórico para o concelho da Figueira da Foz, com relevância nacional e internacional, por se ter materializado a marca das 10.000 UMICS (unidades modulares de iluminação, comunicações e sensorização) instaladas, formando a maior rede mundial de dispositivos IoT ligados numa mesma rede LPWAN com interligação de várias verticais, tais como a água e a energia.

Esta rede LPWAN constituída atualmente por 30.000 dispositivos IoT, fornecem dados em tempo real, os quais possibilitam o suporte à tomada das decisões estratégicas do Município.

Saliente-se que o contrato de consignação do projeto de eficiência energética prevê um período de implementação de 120 dias (quatro meses) em todo o concelho, após ter sido testado, como projeto piloto, em Vila Verde, num total de 22 mil luminárias.

Em setembro do presente ano o projeto estará concluído, representando uma poupança anual nos cofres municipais que ronda os 2,8 milhões de euros e, simultaneamente, coloca o Município da Figueira da Foz no cumprimento das metas definidas pelo Conselho da União Europeia até ao ano de 2030.

Para além disso, obtém-se uma melhoria substancial da qualidade da luz, aumentando substancialmente o conforto visual e com impacto direto no ritmo de vida dos que cá habitam e nos visitam, na melhoria substancial da eficiência do sistema de iluminação pública, da performance através da digitalização de todas as infraestruturas de utilidade pública do concelho da Figueira da Foz, sem esquecer o enorme passo, no âmbito da sustentabilidade: redução dos níveis de utilização dos escassos recursos que a natureza nos disponibiliza, redução da pegada ecológica, descarbonização da economia, confiança e previsibilidade para uma trajetória de baixo carbono e redução da vulnerabilidade às alterações climáticas.

Numa linguagem mais técnica, o Município da Figueira da Foz está a implementar através da infraestrutura de iluminação pública do concelho uma “Smart City”, constituída por 22.125 luminárias inteligentes, 65 controladores de irrigação de espaços verdes, 280 sensores de nível de resíduos sólidos, 4 sensores de monitorização da qualidade do ar, 12 sensores de parque de estacionamento, 1.770 controladores de luminárias convencionais, já existentes e instaladas pela E-Redes.

Figueira da Foz, um concelho único e exemplar, enquanto “Smart City” na materialização da marca das 10.000 UMICS.

IMAGENS E TEXTO: Câmara Municipal da Figueira da Foz

 

Pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui