Sociedade Musical Santanense assinala o 128.º aniversário

0
163
Pub

Manda a tradição que no dia 1 de Setembro se dê inicio ao 128º Aniversário da Sociedade Musical Santanense (SMS), data esta que anualmente é sempre adaptada ao dia e às circunstâncias do país. Nesse dia, por determinação governamental, a tradição não se cumpre na totalidade (não há salva de 21 tiros), ficando a mesma apenas com o hastear das bandeiras nos mastros da sua sede.

No domingo dia 4 pelas 11H00, escutaremos o Hino da SMS ao som da Banda de Santana, enquanto se hasteia a bandeira da colectividade e outras, como manda o protocolo, cerimónia essa que simboliza o início do dia festivo de aniversário. A Santa Missa será pelas 11H30 presidida pelo Padre Daniel, seguindo-se uma romagem ao cemitério homenageando todos aqueles que ao longo dos anos deram o melhor de si em prol da Santanense.

Pelas 13H00 teremos o almoço-convívio na sede da SMS, onde habitualmente além dos músicos, comparecem muitos associados, amigos e entidades oficiais que marcam presença em mais um aniversário.

O Concerto efectuado pela Banda de Santana será a partir das 15H30, seguindo-se a Sessão Solene e outros cerimoniais que o Regulamento Interno determina, culminado com o tradicional entoar dos “Parabéns” e os respectivos ingredientes que lhe estão associados.

A festa continua no dia 10 com as tradicionais tasquinhas no englanado recinto da SMS a partir das 20H00, sendo uma oportunidade para saborear alguns pratos e petiscos da gastronomia local e ainda, participar na animação Karaoke com Luís rock, que promete “animar a malta”.

Este ano, que se pretende voltar à “normalidade”, teremos também o 32º Encontro de Bandas no dia 11, com a presença das Bandas de Manteigas (música nova), 1º de Janeiro de Carragosela e a aniversariante, cuja recepção oficial se prevê pelas 14H30, seguindo-se um curto desfile, concertos e algumas intervenções de ocasião no Salão de Festas da SMS.

A todos os associados, entidades, empresas e anónimos que contribuem para manter viva esta casa, bem como a todos os directores, músicos e seus familiares, expresso o meu agradecimento pelo apoio e dedicação à nobre causa sónica, considerando que apesar do muto trabalho realizado, as forças continuam eficazes para encarar os novos anos e os constantes desafios com que nos deparamos!

Um “Eferreá” à Sociedade Musical Santanense!

Francisco M. Relva Pereira, Doutor – Maestro da Banda de Santana

 

Pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui