18.3 C
Figueira da Foz
Segunda-feira, Junho 17, 2024

Os Verdes realizaram caminhada com recolha de lixo no Cabedelo

EU REPÓRTER?

Metereologia

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -

O Partido Ecologista Os Verdes realizou no domingo uma caminhada na Praia do Cabedelo (Figueira da Foz), e zona adjacente, sendo que, em paralelo, foi recolhido lixo e efetuada a respetiva separação.

Os Verdes com esta ação pretenderam alertar a população para a problemática dos resíduos. Desde logo, sensibilizando os cidadãos para evitar a deposição de lixo no espaço público, muito frequente em zonas de grande afluência de pessoas como é o caso das praias e áreas envolventes.

Se na área restrita à praia não foi encontrado um grande número de resíduos, à exceção, de pontas de cigarros, na zona adjacente, pelo contrário, a deposição de lixo era bastante. Os Verdes recolheram quantidades excessivas de resíduos, em particular de plástico e pontas de cigarro, junto da estrada e zonas de aparcamento, e garrafas de vidro, na linha contígua ao rio onde acedem inúmeras pessoas, algumas das quais para a pesca desportiva.

Nesta iniciativa ficou evidente, no que concerne à responsabilidade individual, que mais do que a aplicação de coimas é fundamental a sensibilização, veja-se o exemplo das pontas de cigarro, proibido o seu descarte em espaço público desde 2019, todavia a proibição e as coimas não modificaram o comportamento das pessoas.

Os Verdes constataram que na requalificação ocorrida na Praia do Cabedelo, inclusive com a demolição do parque de campismo, muitos resíduos foram soterrados em vez de terem sido retirados previamente, pelo que no local é possível observar inúmeros resíduos de plásticos, têxteis, vidros, de obras, nomeadamente fragmentos de telhas de fibrocimento.

A ação promovida por Os Verdes permitiu igualmente alertar para a necessidade de reduzir os resíduos a montante, a primeira etapa dos 3R’s, que depende da ação política e das próprias empresas. Amiúde, a indústria produz demasiados resíduos, nomeadamente de plástico, supérfluos e desnecessários face às necessidades de higiene, sanitárias e de acomodamento dos produtos, o que em grande medida se relaciona com estratégias e ações de marketing com vista a induzir os consumidores a adquirirem determinado bem.

O PEV defende a redução considerável de produção de resíduos a montante, nomeadamente de plástico, e a diminuição do plástico descartável. Para o efeito, Os Verdes apresentaram diversas iniciativas parlamentares com vista à redução do número de embalagens (impedindo a sobre-embalagem) ou garantido que plásticos e microplásticos não façam parte de produtos de higiene e cosmética, todavia quase todas as propostas acabaram por ser rejeitadas.

“A saúde dos oceanos e a sua biodiversidade está severamente ameaçada pelos resíduos de plásticos e microplásticos que contaminam as águas e a cadeia alimentar. Há Mar e Mar, há proteger e cuidar” – referem Os Verdes.

 

- Advertisement -

✚ Farmácias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -

Últimos Artigos

%d