Termina esta segunda-feira a inscrição no Teatro-Fórum da Microninho

0
10
Pub

O Microninho ISI – Incubadora Social e de Inovação da Figueira da Foz, em parceria com a Filarmónica Dez de Agosto, dinamiza entre setembro e outubro, ação de capacitação para técnicos da área social com um Teatro-Fórum, uma ferramenta de transformação social que visa promover a mudança na vida das pessoas e das comunidades.

As vagas são limitadas e as inscrições gratuitas, mas obrigatórias até esta segunda-feira, 5 de setembro através do link: https://forms.gle/Q7qyAgf5tz93yxdd9.

O Teatro-Fórum é uma ferramenta destinada a técnicos da área social – desde funcionários, colaboradores, dirigentes e/ou voluntários – de instituições da economia social do Concelho da Figueira da Foz, com o foco de melhorar e facilitar a comunicação e aproximação destes na sua intervenção diária na comunidade, nomeadamente na gestão de conflitos, empatia, processo de resolução de problemas, discussão de ideia, desenvolvimento da espontaneidade e criatividade.

O Teatro-Fórum é uma modalidade de Teatro do Oprimido em que se constrói uma peça com o objetivo de dramatizar uma situação da realidade que é marcada pelas relações de poder e de opressão. Através do teatro-fórum, é possível “ensaiar ações concretas na vida social, produzir mudanças, transformações”

Esta ação está inserida na medida de capacitação e dinamização do ecossistema de inovação social do Microninho ISI, que visa potenciar a ativação comunitária e a participação ativa de vários atores locais, desde entidades, organizações, governança e comunidade geral e a melhoria das competências dos elementos/técnicos sociais para uma melhor relação entre as suas equipas e a comunidade.

O Teatro-Forúm tem a duração de 12 horas, divididas em 6 módulos, e será realizada das 15h às 17h nos dias 12, 19 e 26 de setembro; 3, 10 e 17 de outubro, nas instalações cedidas pela Sociedade Filarmónica Dez de Agosto, e dinamizada pelo encenador Emanuel Rodrigues, licenciado em Teatro e Educação, professor de expressão dramática, com sólida experiencia em encenação e produção espetáculos a partir Schnitzler, Lorca, Ibsen e Kafka, produção de projetos como SOPHIA e EU SOU A MINHA TERRA e, em modo de permanência, produção do projeto educativo Círculo de Giz e da Apuro.

 

Pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui