Arquitecto figueirense Miguel Figueira vê aprovado projecto “Bauhaus dos Mares”

0
83
Pub

O arquitecto figueirense Miguel Figueira viu aprovado o financiamento  de 5 milhões de euros para o projecto em que está envolvido, do qual é um dos signatários, “Bauhaus of the Sea Sails”, que pretende acolher propostas artísticas assentes no tema dos oceanos , onde serão apresentadas ideias no domínio das artes e da cultura.

A ideia foi agora seleccionada pelo Novo Bauhaus Europeu, “um projecto ambiental, económico e cultural que visa combinar a concepção, a sustentabilidade, a acessibilidade, o baixo custo e o investimento, que tem a finalidade de ajudar a concretizar o Pacto Ecológico Europeu”. O Novo Bauhaus Europeu é “um movimento criativo e interdisciplinar em desenvolvimento, uma plataforma de experimentação e criação de conexões que promove a colaboração entre os pensadores e os empreendedores interessados em criar os nossos futuros modos de vida em conjunto”.

Esta ponte entre o mundo da ciência, da tecnologia e o mundo da arte e da cultura visa encontrar soluções inovadoras para problemas societais complexos através da co-criação.

Do grupo de trabalho que criou o Bauhaus dos Mares e signatários do respectivo manifesto fazem parte: Nuno Jardim Nunes, professor do Instituto Superior Técnico da Universidade de Lisboa e presidente do Interactive Technologies Institute; Frederico Duarte, crítico e curador de design, doutorado em curadoria na Birkbeck College, University of London e no Victoria & Albert Museum; Heitor Alvelos, presidente do Conselho Científico da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto; Miguel Figueira, arquitecto pela Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto, autor do livro “O mar é a nossa Terra”; e Mariana Pestana, doutorada em design de arquitectura, Fundadora/ arquitecta e curadora na The Decorators , Reino Unido. O conceito e o design gráfico são da autoria de Miguel Figueira e José Albergaria.

De acordo com Miguel Figueira, “Lisboa é agora a única capital Europeia Atlântica da Europa e a visão da Bauhaus do Mar pretende aproveitar estas características para gerar uma rede ligada a outras regiões e cidades costeiras emblemáticas”.

Notícia: “Campeão das Províncias”

 

Pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui