19.3 C
Figueira da Foz
Segunda-feira, Junho 24, 2024

Capitania do Porto da Figueira da Foz alerta para agravamento da agitação marítima no período de 16 a 19 de janeiro

EU REPÓRTER?

Metereologia

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -

A Capitania do Porto da Figueira da Foz, órgão local da Autoridade Marítima Nacional, alerta toda a comunidade marítima e a população em geral, que frequente as zonas costeiras e ribeirinhas, para a previsão de agravamento das condições meteo-oceanográficas, a partir da madrugada do dia 16 até ao final do dia 19 de janeiro.

Chama-se a atenção para a previsão de ondulação de noroeste, que apresentará um período largo, o que significa que transportará bastante energia e que poderá atingir os 7 metros de altura durante o dia 18 de janeiro.

Devido a este agravamento, devem ser consideradas medidas de prevenção por todos aqueles que se encontram ou possam frequentar as áreas junto à orla costeira. Assim, recomenda-se o reforço da amarração e vigilância apertada das embarcações atracadas nos portos e marinas, das que se encontram nos fundeadouros previstos para a área de jurisdição da Figueira da Foz, bem como, evitar passeios perto da zona de rebentação, nas praias, nos molhes, esporões e outras zonas de pedra e rocha junto à orla costeira.

Alerta-se, também, para a necessidade de precaver a proteção das infraestruturas, tais como bares e restaurantes, que estarão mais vulneráveis no caso de se verificarem galgamentos, prestando especial atenção ao período da preia-mar no dia 18 de janeiro.

É vital ter presente que, nestas condições, o mar poderá alcançar zonas que, aparentemente, parecem seguras.

A prática da barra do Porto da Figueira da Foz irá sofrer os condicionamentos entendidos como necessários e adequados, tendo em vista a segurança das embarcações e dos seus tripulantes, alertando-se toda a população, para a necessidade de consulta do Edital da Capitania do Porto da Figueira da Foz, de modo a inteirarem-se das interdições e condicionamentos previstos para a barra, para os seus molhes e para outras estruturas na sua área de jurisdição, onde o risco de acidente seja maior.

Esta informação é subscrita pelo Capitão do Porto da Figueira da Foz, Pedro Miguel Cervaens, Costa, Capitão-de-Fragata.

 

- Advertisement -

✚ Farmácias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -

Últimos Artigos