17.3 C
Figueira da Foz
Quarta-feira, Maio 22, 2024

FAP pede ao PS da Figueira da Foz que exiga intervenção na EN 109

EU REPÓRTER?

Metereologia

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -

O movimento Figueira A Primeira (FAP), que suporta o Executivo da Câmara Municipal da Figueira da Foz, desafia o PS a defender uma intervenção na EN 109 junto do Governo e da Infrestruturas de Portugal.

A tomada de posição da FAP, subscrita por Bruno Reis, é a eguinte:

«A situação calamitosa da Estrada Nacional 109, infelizmente, não é novidade para ninguém, e o imobilismo do Governo Socialista e das Infraestruturas de Portugal nesta matéria tem contribuído para este péssimo cartão de visita na Figueira da Foz!

Esta estrada já não reúne as condições de circulação e segurança, que se esperam de uma estrada num país da Comunidade Europeia, em pleno século XXI.

Nos últimos dias a pressão pública, relativa às obras na Ponte Edgar Cardoso, obrigou os partidos a multiplicarem-se em comunicados, especialmente o Partido Socialista da Figueira da Foz, que só anda a “toque de caixa”, agora até já se apresentou nas freguesias que deixou de visitar na última década … de todo modo sejam bem vindos!

Todavia aguardamos que se juntem ao coro de críticas, sem que aguardem pela autorização do Largo do Rato, especialmente a Dra. Raquel Ferreira, que na qualidade de Deputada da Assembleia da República, deve exigir ao Sr. Ministro das Infraestruturas na próxima reunião no hemiciclo, a rápida intervenção na Estrada Nacional 109.

Esta situação envergonha os figueirenses, os mesmos figueirenses que têm sido tratados como cidadãos de segunda em diversas matérias, desde o encerramento da Maternidade, até à forma como lhes têm “imposto” a obra na ponte, sem medidas compensatórias, como é o caso da isenção das portagens, marginalizando quem precisa de ir trabalhar para a outra margem, ou simplesmente regressar a casa após um dia de trabalho.

Ainda assim, retomando a necessidade de intervenção urgente na Estrada Nacional 109, nomeadamente 15 Km a sul do Concelho, mas também a norte onde começam a surgir locais com o piso bastante degradado.

Deste modo, propomos ao Partido Socialista da Figueira da Foz que agende, no seu planeamento, uma visita a este “caminho off road”, um extraordinário exemplo do imobilismo deste governo».

 

- Advertisement -

✚ Farmácias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -

Últimos Artigos

%d