19.3 C
Figueira da Foz
Sábado, Maio 18, 2024

«Todos à Manif» amanhã e com os estudantes!

EU REPÓRTER?

Metereologia

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -
No âmbito das comemorações do Cinquentenário do 25 de abril, o Plano Nacional das Artes (PNA) convidou o Conservatório de Música David de Sousa, a Filarmónica Quiaiense, a Sociedade Musical Recreativa de Alqueidão/Filarmónica do Alqueidão, a Sociedade Filarmónica Figueirense  e a Sociedade Boa União Alhadense para integrarem o evento “TODOS À MANIF” que irá ocorrer amanhã, dia 26 de abril.
Este evento é de âmbito nacional e envolve mais de meio milhar de escolas agrupadas e não agrupadas que integram a rede do Plano Nacional das Artes.
Os alunos terão dispensa das atividades letivas para participar na atividade cujo primeiro ponto de encontro será nas Abadias às 10H30, seguindo depois para o Jardim Municipal onde irão instalar os “Jardins de Abril” e assistir a um breve momento musical no Coreto pelos alunos do Agrupamento de Escolas Figueira Mar. Após este momento, os Alunos irão dirigir-se para a Câmara Municipal da Figueira da Foz, onde os esperará, às 11H, uma simbólica performance musical preconizada pelos Professores Nathalie Gal e Hilton Costa, pelos Alunos das Classes de Conjunto e Orquestra do Conservatório de Música David de Sousa, aos quais se juntarão os Alunos de bateria e percussão do Conservatório e das Filarmónicas de Quiaios, do Alqueidão, Figueirense e Alhadense. Juntos, mais de 270 Alunos interpretarão um arranjo dos Professores Renato Serra e Luís Fernandes, do tema “Grândola Vila Morena”. “As percussões que os alunos utilizarão foram adquiridas pela Assembleia Municipal e gentilmente cedidas para o efeito”, explicam, em nota de imprensa, as entidades envolvidas na Figueira da Foz.
“As Filarmónicas são uma parte integrante da identidade e da cultura musical portuguesa com um papel muito importante nas suas comunidades no que respeita à preservação das nossas tradições, na coesão comunitária e no inequívoco envolvimento cívico que as move. Muitas Filarmónicas têm participado ao longo dos anos nas celebrações do 25 de abril tocando músicas que evocam os ideais de liberdade e justiça social. Este Conservatório também tem uma função crucial na preservação e na difusão da música que reflete a história e a identidade portuguesas, e, esta sinergia com as Filarmónicas do Concelho afigurou-se como uma parceria que uniu e fortaleceu as comunidades, para honrar os ideais do 25 de Abril”, sublinha, por seu lado, a diretora do CMDS, Cristina Loureiro.
Esta iniciativa tem o apoio da Câmara Municipal da Figueira da Foz.
- Advertisement -

✚ Farmácias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -

Últimos Artigos

%d