Elisabete Acúrsio é a candidata à Junta de Freguesia do Bom Sucesso pela lista “Pedro Machado – Figueira do Futuro”

0
1737
Pub

A candidata defende uma junta de ação e de obra, para que os fregueses “voltem a ter orgulho no Bom Sucesso”.

A candidatura “Pedro Machado – Figueira do Futuro” à Câmara Municipal da Figueira da Foz apresentou hoje a sua cabeça-de-lista à Junta de Freguesia do Bom Sucesso. A escolha recaiu em Elisabete Acúrsio, de 45 anos.

Elisabete Acúrsio é natural da freguesia do Bom Sucesso, onde sempre residiu. Nas suas palavras: “Aqui nasci, aqui aumentei a minha família, aqui fiz e continuo a fazer amigos. Sempre estive disponível para colaborar com as nossas instituições. Atualmente, sou tesoureira do Centro Social Vela Azul e da Fábrica da Igreja Paroquial do Bom Sucesso”.

A candidata começou a trabalhar quando concluiu o ensino secundário e, profissionalmente, é responsável pela área de recursos humanos e logística de uma grande empresa sediada na zona industrial da Tocha.

“Aceitei o desafio de me candidatar à Junta de Freguesia do Bom Sucesso por entender que serei capaz de fazer mais pelo Bom Sucesso e pelos seus fregueses. Considero-me uma pessoa dinâmica, interventiva, leal e convicta de que, convosco e com o Pedro Machado, o Bom Sucesso deixará rapidamente de ser uma junta que ‘reage’, para passar a ser uma junta de ação e de obra! Por isso, eu e a minha equipa contamos com todos vós para voltarmos a ter orgulho no Bom Sucesso”, sublinha Elisabete Acúrsio.

Pedro Machado, líder da candidatura “Figueira do Futuro”, anunciou alguns dos temas que a sua candidatura considera prioritários para a freguesia do Bom Sucesso.

“A Lagoa da Vela é um local ideal para dinamizar atividades de conservação da natureza e que deverão ser aproveitadas e utilizadas de forma sustentável pelo Turismo da Natureza. Mas, para isso, é urgente que haja uma intervenção alargada, que cuide da coluna de água e que não deixe morrer a lagoa assoreada. Não é suficiente fazer passadiços para as pessoas circularem: é preciso garantir a sustentabilidade do ecossistema natural e da Rede Natura 2000 onde a lagoa se insere. Precisamos de uma Junta de Freguesia forte, liderada pela Elisabete, que obrigue a que os próximos Fundos Europeus assegurem a reabilitação ambiental destes espaços. O ICNF não pode esquecer estas áreas. A Conservação da Natureza faz-se localmente e não nos gabinetes de Lisboa”, considera Pedro Machado.

Pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui