Adiada visita de Pedro Santana Lopes ao Hospital Compaixão e Fundação ADFP

0
105
Pub

Dada a situação de contingência e risco de incêndio, o presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz decidiu permanecer no concelho e adiar a visita marcada para manhã, terça-feira, dia 12, a Miranda do Corvo, segundo anunciou a Fundação ADFP.

“O Hospital de Miranda do Corvo continua desaproveitado sem acordos de cooperação com o SNS. As pessoas continuam obrigadas a deslocar-se a Coimbra para fazer exames complementares de diagnóstico que poderiam fazer em Miranda”, refere o médico e presidente da Fundação ADFP, Jaime Ramos.

Este responsável acrescenta que “as salas de cirurgia, que podiam ajudar a recuperar listas de espera, continuam fechadas” e que “o Hospital de Miranda, fechado, desaproveitado, continua a ser o melhor exemplo da tragédia sectária que domina a política de Saúde em Portugal”.

 

Pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui