Já ninguém olha para o tecto – Opinião – Pedro Cores

0
91
#808080;”>Texto de Opinião

#33cccc;”>Pedro Cores

#33cccc;”>Já ninguém olha para o tecto

Estou aqui sentado a olhar para o tecto.
Gosto de olhar para o tecto. Já não se olha muito para o tecto.
É perder tempo. A atenção cobra-se e não se desperdiçam assim olhares em vão.
Tempo é dinheiro.

… e o dinheiro que eu já perdi só a olhar para o tecto.

Com esse dinheiro dava entrada para a compra de um apartamento, ou um carro ou comprava terrenos, sei lá. Criava uma empresa e fazia-me sócio-gerente. Mandava-me para as criptomoedas, Bitcoin e Cardano, deixava valorizar e podia criar uma moeda local para a minha freguesia. Virava-me para a comunidade. Investia na saúde privada e criava uma rede de cuidados continuados e clínicas de luxo para os estrangeiros com dinheiro. Faria de Portugal a nova Suíça Atlântica!… e virava-me para o turismo. Tours virtuais, NFTs da Costa de Prata, patenteava a cor do areal da praia da Figueira, #Metacostadeprata, METATUDO!
Pinhal de Leiria? Green Bonds. Os terrenos que já tinha em carteira? Vendia alguns e comprava uma casa virtual ao lado da Cristina Ferreira no Secondworld ou Sandbox.
Com a Cristina ao meu lado mandava-me para o negócio das bifanas de laboratório.
Metia a Marie e o Goucha a colaborar com a Farfetch. Fazia a skin da t-shirt do Zelensky e vendia-a na loja do Fortnite. Comprava os direitos dos tweets do Elon Musk e vendia-os à biblioteca virtual do curso de economia da Universidade Católica Virtual. Entrava no negócio da educação. Colégios… Universidades… bioengenharias, programação, robótica, e por fim, Inteligência Artificial. Big Data. Big Tech. Big tudo, #Metabigtudo!

Com o portfólio organizado, automatizado e autónomo na blockchain, estaria com um rendimento passivo por mês suficiente para não ter de voltar a mexer uma palha para ganhar dinheiro. Colocava uns óculos VR, metia o Neuralink no cérebro, e ficava aqui a controlar o mundo, sentado e quieto, a olhar para o tecto.

 

 

Pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui