Setembro começa com muito Jazz na Figueira da Foz

0
33
Pub

O Figueira Jazz Fest nasceu em 2020, em plena pandemia, para ser o palco privilegiado do Jazz feito pelos músicos portugueses sempre na procura de estabelecer diálogos e juntar géneros diversos. Chegar a cada vez mais ouvintes e conseguir conquistar o público ainda não interessado no Jazz são os principais propósitos desta iniciativa.

A aposta tem sido sempre em espectáculos inéditos e irrepetíveis.

As escolhas deste ano são:

Dia 1 de Setembro – CABRITA convida The Legendary Tigerman, Samuel Úria e Selma Uamusse
O saxofonista, produtor, compositor e diretor musical João CABRITA (a celebrar 33 anos de carreira) convida The Legendary Tigerman, Samuel Úria e Selma Uamusse para com ele interpretarem os temas do seu disco em nome próprio e aclamado pela crítica como um dos melhores do ano de 2020 (pela BLITZ e pelo jornal PÚBLICO). O jazz encontrará os blues de Paulo Furtado (The Legendary Tigerman), o pop-rock de Samuel Úria e a expressão lusófona e a world music de Selma Uamusse.
Para além dos convidados, CABRITA faz-se acompanhar por 3 saxofonistas (para além do próprio): André Murraças, João Capinha e Gonçalo Prazeres; pelo baterista Filipe Rocha; e pelo multi-instrumentista João Rato nas teclas e na guitarra.
Surpreendente, no mínimo.

Dia 2 de Setembro – Lisboa String Trio convida Teresa Salgueiro
O LST – Lisboa String Trio, grupo composto por José Peixoto na guitarra clássica, Bernardo Couto na guitarra portuguesa e Carlos Barreto no contrabaixo, casa o Jazz com o fado e as músicas do Mundo. Com três discos gravados, um dos temas do seu último disco (“Ai mas ai de mim”) foi o vencedor dos International Portuguese Music Awards (IPMA) em 2021, na categoria de Melhor Interpretação de Fado (com interpretação de Cristina Branco). Neste espetáculo único convidam a cantora Teresa Salgueiro, figura emblemática do panorama artístico em Portugal e no Mundo. Juntos cruzarão géneros e repertórios, criando a partir dessa fusão de estilos um momento ímpar.

Dia 3 de Setembro – Mário Laginha e Pedro Burmester tocam Bernardo Sassetti
Mário Laginha e Pedro Burmester juntam-se em palco para tocar a singular, bela e poética música de Bernardo Sassetti, parceiro de tantas horas em vários palcos do mundo. Onze anos depois do último concerto “3 Pianos” (que juntava os 3 em palco), os dois pianistas interpretam o genial compositor e pianista (desaparecido há 10 anos) e revivem os momentos partilhados a três. Um concerto simultaneamente íntimo e extrovertido, de quatro mãos cúmplices há mais de 30 anos.

Neste concerto para além de obras de Bernardo Sassetti, tocarão ainda (o próprio) Laginha, Piazzola e Ravel. O espetáculo tem o apoio da Casa Bernardo Sassetti.

O Figueira Jazz Fest é uma organização da Câmara Municipal da Figueira da Foz, terá lugar no Grande Auditório do Centro de Artes e Espectáculos, com início às 22h00.
Os bilhetes estão à venda na bilheteira do CAE e na Ticketline, ao preço de 5,00€ (diários) e 10,00€ (passe para os 3 dias).

 

Pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui