12.7 C
Figueira da Foz
Quinta-feira, Fevereiro 22, 2024

Chega diz que agressão em Vila Verde foi um dia “negro” para a Educação na Figueira da Foz

EU REPÓRTER?

Metereologia

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -

O Grupo de Trabalho Concelhio do Chega da Figueira da Foz refere que “o dia de ontem
apresenta-se, seguramente, como um dos mais negros na história da educação figueirense”.

O texto subscrito por Hermínio Martinho, coordenador do Grupo de Trabalho Concelhio CHEGA da Figueira da Foz, é o seguinte:

«O dia de ontem apresenta-se, seguramente, como um dos mais negros na história da educação figueirense. O acto bárbaro de agressão contra uma professora, perpetrado por uma família de cerca de 8 mulheres e 2 homens, levanta várias perguntas pertinentes e tal acto não pode voltar a acontecer. Se for verdade que já tinham ocorrido ameaças, porque é que a Direcção do Agrupamento Escolar não tomou medidas? Preferiu desvalorizar? O resultado está à vista! Sendo a professora funcionária da Câmara Municipal, é uma funcionária pública, logo trata-se de um crime publico. Irão mais uma vez os culpados ficar impunes?

Sendo a família atacante, inquilina de habitação social do Município, o que pretende a Câmara Municipal fazer com estes seus inquilinos?

O tempo da impunidade tem de acabar! Que garantias de segurança irão ser tomadas para o normal regresso ao trabalho desta professora quando tal for possível? Que apoio
psicológico irá ser dado, depois do episódio traumático que esta
professora passou?».

 

- Advertisement -

✚ Farmácias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -

Últimos Artigos

%d