22.2 C
Figueira da Foz
Quinta-feira, Julho 11, 2024

Chega sugere ponte militar entre Vila Verde e Alqueidão para suprir fecho da ponte da Figueira da Foz

EU REPÓRTER?

Metereologia

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -

O Grupo de Trabalho Concelhio Chega da Figueira da Foz considera que “ninguém ficou com dúvidas” que a Ponte Edgar Cardoso tem que ser reabilitada, mas critica o facto de não ter sido acautelada uma alternativa.

A opinião do Chega, subscrita pelo seu coordenador, Hermínio Martinho, é a seguinte:

«Trata-se de uma reabilitação prevista há anos, onde pouco, ou quase nada, foi acautelado. Ponte entre Lares e Alqueidão ainda na gaveta. Será que uma ponte Militar entre Vila Verde e Alqueidão foi pensada?

A nossa engenharia militar é do melhor que existe, será que foi equacionada essa possibilidade para veículos ligeiros, de forma a descongestionar o trânsito, no período diurno e facilitar a vida no nocturno?

Perante os ordenados que se praticam no país e a subida semanal dos combustíveis, muitos trabalhadores que tem os seus empregos do outro lado do rio não vão aguentar a despesa de se deslocarem através da A17.

Muitas empresas podem perder alguns empregados! Estamos perante um problema sério no Concelho.

Serão 21 meses de obras na ponte, se tudo correr como previsto. As portagens entre Vila Verde e Marinha das Ondas deviam ser gratuitas para os residentes, mas o processo ainda está em conversação, não é garantido que seja aceite!

O elevado preço dos combustíveis é uma realidade que poucos podem suportar.

A alternativa prevista de uma travessia fluvial, como já demos conta, pode ser amiga do ambiente, mas neste quadro pouco poderá acrescentar, dada a reduzida capacidade de 39 pessoas que pode transportar.

Tempos difíceis para os Figueirenses».

 

- Advertisement -

✚ Farmácias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -

Últimos Artigos