18.3 C
Figueira da Foz
Segunda-feira, Junho 17, 2024

ISEC ajuda Câmara de Lisboa a melhorar o trânsito na capital

EU REPÓRTER?

Metereologia

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -

O Instituto Superior de Engenharia de Coimbra (ISEC), no âmbito do Laboratório de Dados Urbanos de Lisboa – LxDatalab, vai ajudar a resolver alguns dos problemas da mobilidade em Lisboa. Esta solução irá surgir através da análise dos dados armazenados na Plataforma de Gestão Inteligente do Município de Lisboa.

Investigadores e alunos dos cursos de mestrado do ISEC irão analisar dados relacionados com movimentos – como o número de pessoas que utiliza as principais vias de acesso à cidade a determinada hora, ou a quantidade de acidentes que decorrem no mesmo local – para descobrirem padrões e anteciparem as causas dos engarrafamentos, bem como identificarem factores críticos para a ocorrência de sinistros.

“O Município de Lisboa recolhe inúmeros dados relacionados com os fluxos de pessoas, mas há a necessidade de transformar estes dados em conhecimento para que a Câmara possa tomar decisões mais adequadas à realidade da cidade”, afirma Nuno Lavado, docente e gestor do projecto no ISEC. “Vamos explorar os dados para descobrir comportamentos e reconhecer padrões e, através deles, recomendar à Câmara de Lisboa medidas que previnam engarrafamentos e acidentes e que potenciem os horários e as vias que têm capacidade disponível”.

O projecto decorre no âmbito da cooperação entre a Câmara Municipal de Lisboa e o ISEC, que junta outros parceiros do ensino superior. Para além dos desafios relacionados com a mobilidade, estão identificados problemas nas áreas do ambiente e da energia – como o depósito de lixos e resíduos fora dos ecopontos próprios. Estão também a ser estudadas soluções para reduzir a perturbação do ambiente sonoro provocada pelo ruído das multidões em zonas de diversão noturna.

“Esta colaboração servirá para ampliar e reforçar as boas relações do ISEC com as principais instituições do país espalhadas pelo território”, afirma Mário Velindro, presidente da escola de engenharia de Coimbra. “Estamos empenhados em conhecer os desafios identificados pela Câmara Municipal de Lisboa para que, juntamente com a equipa do LxDatalab, possamos encontrar as causas dos problemas assinalados e construir as soluções de engenharia que são necessárias”.

“ISEC é referência no ensino para as ‘smart cities’”

No âmbito desta cooperação irá realizar-se, amanhã (20), a conferência “CMLisboa e ISEC para criar soluções”. A sessão pública, que tem como objectivo apresentar a Plataforma de Gestão Inteligente de Lisboa e o LxDatalab aos estudantes, decorrerá no ISEC e será transmitida online a partir das 20h00. Contará com as intervenções de João Tremoceiro, director do Centro de Gestão e Inteligência Urbana de Lisboa, e de Nuno Ferreira, membro do mesmo Centro.

“Esta é uma iniciativa muito pertinente e enriquecedora para os nossos investigadores porque irão ser eles – no âmbito da Análise de Dados dos mestrados em Engenharia Informática, Cidades Sustentáveis e Inteligentes e Engenharia e Gestão de Ativos Físicos – a utilizar a engenharia de dados para resolução de problemas concretos na cidade de Lisboa”, afirma o presidente do ISEC, Mário Velindro. “O ISEC está a inovar na sua investigação aplicada e no seu ensino para produzir ciência que ajude a gerir a nova realidade das cidades em Portugal: é isso que faz desta escola de engenharia uma referência nacional no ensino para as ‘smart cities’”.

 

- Advertisement -

✚ Farmácias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -

Últimos Artigos

%d