28 C
Figueira da Foz
Quarta-feira, Maio 29, 2024

Chuva tirou visitantes ao Castelo Mágico de Montemor-o-Velho

EU REPÓRTER?

Metereologia

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -

O presidente da Câmara de Montemor-o-Velho disse hoje que o número de visitantes ao Castelo Mágico da vila ficou “aquém” do objetivo, que era receber entre 45 mil e 50 mil visitantes, devido ao mau tempo.

“Ficámos aquém do que espetávamos. Nós tínhamos apontado uma meta de 50 mil [visitantes], ficámos a dez [mil visitantes]” daquele objetivo, afirmou hoje, à agência Lusa, Emílio Torrão.

A quinta edição do “Castelo Mágico” de Montemor-o-Velho, no Baixo Mondego, um parque temático do Natal, decorreu de 01 de dezembro a 08 de janeiro de 2023.

De acordo com a autarquia, o evento acolheu nesta edição 34.761 pessoas, sendo que houve quatro dias com menos de 100 entradas diárias, no Castelo.

Questionado pela Lusa acerca destes resultados, o autarca considerou que o Castelo Mágico não conseguiu alcançar o objetivo pretendido devido ao mau tempo, já que houve dias de vento forte e precipitação intensa.

Ainda assim, os “resultados são satisfatórios, são bons, com menos dias do que nas edições passadas”, sublinhou.

A edição de 2022 conseguiu ter mais dias com números acima dos dois mil visitantes por dia, atingindo “três ou quatro dias” com vendas acima dos 3.000 visitantes diários.

Para o coordenador do evento, que também é chefe de gabinete do presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, no distrito de Coimbra, Nuno Gonçalves, este foi “o melhor ano de sempre” do Castelo Mágico, em termos de entradas, mas havia, de facto, uma “expectativa ambiciosa”.

“Com muitos dias de chuva eu acho que é um excelente resultado”, acrescentou.

O presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, Emílio Torrão, explicou que o problema é “efetivamente o mau tempo e o desafio é tentar manter este nível. […] Temos de ter um local onde possamos, mesmo com mau tempo, assegurar a continuidade” do evento.

Este ano, a autarquia criou iniciativas para fazer “descer o evento à vila” e a ideia é “manter esse desígnio de voltar a animar a vila”.

Um exemplo disso foi o “King’s Magic Run & Parti” que iniciou na Praça da República da vila e terminou no Castelo Mágico, contando com cerca de 1.100 participantes.

Os participantes da caminhada e corrida percorreram as ruas da vila por “entre neve que não derrete, túneis de luz, “banhos” de espuma, jatos de tinta e fogo-de-artifício”.

“Se nós conseguirmos encontrar uma forma de mantermos a magia do Castelo […] e se conseguirmos ter outras atrações cá em baixo, nas zonas mais protegidas [da vila], naturalmente que podemos ter sucesso ou podemos ter mais gente”, sustentou Emílio Torrão.

De acordo com os dados da autarquia, a maior parte dos bilhetes é vendida a pessoas com idades dos 13 aos 64 anos.

 

- Advertisement -

✚ Farmácias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -

Últimos Artigos

%d