18.2 C
Figueira da Foz
Domingo, Abril 14, 2024

Mealhada tem Setembro como meta para Piscina Municipal

EU REPÓRTER?

Metereologia

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -

A empreitada de beneficiação da Piscina Municipal da Mealhada sofreu novo revés de obra que implicará um atraso na abertura ao público. Após uma visita à obra, o empreiteiro assumiu o compromisso de entregar a Piscina concluída em junho do corrente ano. A expectativa do Executivo é agora a de conseguir colocar o equipamento ao serviço da população em setembro.

Foi no decorrer de uma visita à obra e da reunião com o empreiteiro que este assumiu, perante a comitiva da Câmara da Mealhada liderada pelo presidente, António Jorge Franco, a nova data para entrega da obra: junho.

A explicação prende-se, principalmente, com os problemas encontrados ao nível da cobertura de policarbonato. Efetivamente, tem-se revelado difícil, para o empreiteiro, encontrar, no mercado, material e aplicador que garantam a execução dos trabalhos nas condições contratuais. A dificuldade encontrada deveu-se, principalmente, em identificar placas de policarbonato com 32mm de espessura, previstas no projeto, com capacidade de serem curvadas com o raio de curvatura da cobertura, e encontrar aplicadores que deem garantias de qualidade do trabalho a executar. Embora a execução do trabalho seja da inteira responsabilidade do empreiteiro, só recentemente este encontrou material e aplicadores que garantem a execução do trabalho nas condições contratuais. O diretor de obra garantiu já ter em curso os procedimentos para o fornecimento e aplicação das novas placas de policarbonato da cobertura amovível do equipamento.

Em curso, também está o processo de contratualização de trabalhos de requalificação do sistema de deteção e alarme de incêndios. Esses trabalhos não estavam previstos na empreitada em curso, mas, face à sua inoperacionalidade desde há algum tempo, é indispensável a sua requalificação, devendo-se incluir esses trabalhos na empreitada em curso, uma vez que a sua execução condiciona alguns trabalhos da empreitada, como, por exemplo, a execução de tetos falsos.

Depois da entrega da obra, que se perspetiva para junho do corrente ano, há toda uma panóplia de testes e trabalhos a realizar pelo Município para que a Piscina seja colocada, em segurança, ao serviço da população. “Lamentamos todo este atraso. Muitas insuficiências vêm já da fase de projeto e não são questões simples de resolver, mas temos agora este compromisso do empreiteiro de que nos entrega a obra em junho. Assim, esperamos que a Piscina esteja ao serviço da população no início do novo ano letivo, em setembro”, explica António Jorge Franco, presidente da Câmara da Mealhada.

A empreitada de beneficiação da Piscina Municipal foi adjudicada pelo valor de 1.369.337,37 euros. A obra visa melhorar as condições gerais da piscina, nomeadamente no que concerne à sua eficiência energética. O projeto inclui a construção de uma central térmica de produção de energia com utilização de biomassa e aplicação de painéis solares, além de trabalhos ao nível das fundações e estruturas em betão, alvenarias, substituição de caixilharias, serralharias e revestimentos, bem como trabalhos nas instalações, equipamentos e sistemas do edifício, tais como águas e esgotos domésticos e pluviais, eletricidade e aquecimento, ventilação e ar condicionado (AVAC).

 

Fonte: Município da Mealhada

- Advertisement -

✚ Farmácias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -

Últimos Artigos

%d