13.3 C
Figueira da Foz
Domingo, Abril 21, 2024

Festival em Condeixa-a-Nova acolhe apreciadores do cabrito durante nove dias

EU REPÓRTER?

Metereologia

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -

Doze restaurantes de Condeixa-a-Nova vão participar na 10ª Semana do Cabrito, que começa no sábado e se prolonga até 7 de maio.

“Cabrito assado de Condeixa, o melhor de Portugal!” é o lema do município para mais uma edição do festival gastronómico, que faz valer a qualidade dos pastos dos caprinos, entre as terras férteis do Baixo Mondego e os calcários da Serra de Sicó.

O presidente da Câmara Municipal, Nuno Moita, disse, na apresentação da iniciativa, que esta mobiliza 12 restaurantes, menos quatro do em 2022, e que a autarquia ponderou “uma contenção de custos” nos incentivos ao programa, atendendo à atual situação económica do país.

Assim, custeia 10 cabritos para cada uma das empresas aderentes, a fim de valorizar a gastronomia do concelho e da Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra, cujo presidente, Emílio Torrão, interveio também na apresentação do evento.

No ano passado, os comensais da Semana do Cabrito de Condeixa pagavam 15 euros por um prato de cabrito assado, preço que nesta edição sobe para 17,50, incluindo a bebida, uma escarpiada (sobremesa local à base de massa de pão, açúcar amarelo e canela) e um café.

Nuno Moita convidou as pessoas a visitarem o concelho, no distrito de Coimbra, durante a Semana do Cabrito, sublinhando que, “apesar da crise”, a autarquia “tenta equilibrar” os custos de produção dos restaurantes com o referido apoio.

Com essa ajuda, a Câmara pretende ainda que os apreciadores da gastronomia tradicional “tenham a oportunidade” de comer cabrito no forno a preços que “continuam a ser convidativos”.

No final de cada refeição, segundo Nuno Moita, “o cliente vota no seu favorito”, contribuindo para a escolha do restaurante vencedor, que será agraciado com o prémio “Cabrito de Ouro”.

Neste concurso “para promover o prato de maior tradição do concelho”, onde está situada a antiga cidade romana de Conímbriga, o galardão fica em exposição no restaurante vencedor até à edição do ano seguinte do festival Sabores de Condeixa – Semana do Cabrito.

Nuno Moita entregou hoje o prémio ao restaurante O Filipe, na povoação do Sebal, que ganhou o “Cabrito de Ouro 2022”, relativo à nona edição da iniciativa gastronómica e turística.

“Este é um trabalho de promoção de um produto endógeno e de um concelho” ao qual, na opinião de Emílio Torrão, cabe “aprimorar o resultado”.

Para o líder da CIM, também presidente do vizinho município de Montemor-o-Velho, o cabrito assado “é mais um dos produtos a valorizar a gastronomia” da Região de Coimbra, que reúne 19 municípios.

 

- Advertisement -

✚ Farmácias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -

Últimos Artigos

%d