26.9 C
Figueira da Foz
Quarta-feira, Maio 29, 2024

Cuca Roseta nos 50 anos do 25 de Abril

EU REPÓRTER?

Metereologia

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -

Em 2024, ano em que se cumprem os 50 anos da “Revolução dos Cravos”, todos são
chamados a celebrar Abril, participando num programa comemorativo que
pretende reforçar a democracia, destacando algumas das principais conquistas
decorrentes de uma data que deu início a um caminho de manifestas
transformações sociais, culturais e económicas.

A Câmara Municipal da Figueira da Foz e também a Assembleia Municipal
prepararam um vasto e diversificado programa, direcionado a públicos distintos
(do pré-escolar ao sénior), com atividades diversas, reveladoras da importância
dos valores à época conquistados – Democracia e Liberdade- e que devem ser,
obrigatoriamente, lembradas e postos em prática todos os dias.
Do programa destacamos algumas das atividades que vão acontecer no concelho e
que integram uma planificação detalhada que pode ser consultada em WWW.CM-
FIGFOZ.PT:
-25 de Abril, em Fotografia, na Figueira da Foz (abril a maio): Quando o regime
democrático cumpre meio século, Jorge Dias, reconhecido fotógrafo figueirense,
expõe, na Esplanada Silva Guimarães e na Casa do Paço, uma parte do seu legado
fotográfico, registado na primeira pessoa, através da sua lente, dando conta da
participação da cidade nas ações que conduziram ao 25 de Abril e a todo um
conjunto de manifestações sinónimas da liberdade conquistada. Jorge Dias era,
então, em Abril de 1974, um furriel miliciano, que prestava serviço no antigo
Regimento de Artilharia Pesada (RAP 3).

– 50 Anos, 50 Objetos, 50 Artistas (abril a maio): Dirigida ao público em geral,
esta exposição, patente no Museu Municipal Santos Rocha, decorre de um apelo do
PNA (Plano Nacional de Artes) direcionado a todas as escolas do concelho para
recolha em ambiente familiar de objetos com significado especial referente ao 25
de Abril, culminando numa exposição, com montagem e visitas a cargo dos alunos
e uma tertúlia onde os proprietários dos objetos serão convidados a contar a sua
história com subsequente elaboração de um catálogo com os objetos expostos e
respetivas histórias.
– Minuto Zero: O «Regime» vai Cair (abril a maio): a ter lugar na Biblioteca
Pública Municipal Pedro Fernandes Tomás e recorrendo ao acervo documental e
fotográfico municipais, esta é uma exposição que relata os momentos mais
revelantes e vividos na Figueira da Foz, na madrugada de 25 de Abril de 1974 e
dias seguintes à revolução militar.
– Mochila Cultural (23 de abril | 10h00): no Grande Auditório do CAE,
Aproximadamente 500 alunos das escolas agrupadas e não agrupadas da Figueira
da Foz e alunos da Escola Profissional- INTEP assistem ao vivo, a um concerto
comentando, versando “Músicas de Intervenção”, interpretado por alunos do
Conservatório de Música David Sousa da Figueira da Foz e da Escola Artística do
Conservatório de Música de Coimbra, e transmitido para todas as escolas do país
através do canal de Youtube da DGEstE. Esta é uma iniciativa do PNA, com a
parceria da Comissão das Comemorações do Cinquentenário do 25 de abril, da
Câmara Municipal da Figueira da Foz, do Conservatório de Música David Sousa da
Figueira da Foz e da Escola Artística do Conservatório de Música de Coimbra.
– Espetáculo Musical- CUCA ROSETA (24 de abril | 22h00 | Jardim Municipal):
Convidada para a apresentação nacional do programa dos 50 anos do 25 de Abril,
delineado pela Comissão Comemorativa, a reconhecida fadista sobe ao palco do
Coreto, no Jardim Municipal, para um espetáculo único, no qual irá entoar músicas
emblemáticas de Abril. A entrada é livre.
– Sessão Solene Assembleia Municipal (25 de Abril |10h30 |CAE: Aberta ao
público em geral, será conduzida pelo Presidente da Assembleia Municipal. Conta
com a intervenção e participação de todas as forças políticas, com o Professor Doutor João Nuno Calvão da Silva como orador convidado e com alguns momentos
e apontamentos musicais.

– Sin+Fonia Pela Paz (25 de Abril | 18h00 | CAE): obra conjunta dos maestros
Francisco Manuel Relva Pereira, de Portugal; Makris Charalampos, da Grécia;
Francisco José Rosal Nadales, de Espanha; Ilio Volante, de Itália; José Perales, do
México e Cristiano Barros, de Portugal, com a participação dos cantores Diogo
Pinto, de Portugal, e Carolina Móran, do México e das bandas de música de Lares e
de Santana. (Entrada gratuita, mediante levantamento de ingresso na bilheteira do
CAE).
– Todos à MANIF e Jardim de Abril (26 de Abril |10h00): Atividades a realizar
com as escolas do concelho da Figueira da Foz, iniciando-se em percurso desde a
Escola EB2/3 Dr. João de Barros até à Câmara Municipal, com passagem pelo
Jardim Municipal e Coreto. Inclui cortejo, instalação de cravos elaborados pelos
alunos no Jardim e concerto por alunos do Conservatório David de Sousa, na Praça
da Europa.
O concelho da Figueira da Foz veste-se, desta forma, a rigor para celebrar aquele
«dia inteiro e limpo», com um programa aberto a toda a comunidade figueirense
para reconstrução de uma memória que faz e fará para todo o sempre parte
integrante da História de Portugal.

- Advertisement -

✚ Farmácias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -

Últimos Artigos

%d