29.6 C
Figueira da Foz
Quarta-feira, Julho 17, 2024

Navigator assina protocolo de cooperação com o Agrupamento de Escolas Figueira Mar

EU REPÓRTER?

Metereologia

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -

A The Navigator Company e o Agrupamento de Escolas Figueira Mar, no âmbito do Centro Tecnológico Especializado do Curso Técnico de Eletrónica, Automação e Comando, estabeleceram um protocolo de colaboração que permitirá proporcionar experiências formativas aos mais jovens e aos profissionais das duas instituições.

A cooperação entre as duas organizações vai permitir o reforço da ligação entre a comunidade escolar e a Navigator, dando a conhecer diferentes atividades, profissões, além de proporcionar diversas iniciativas formativas para preparar a futura ligação dos estudantes ao mundo profissional.

Através deste protocolo, as duas instituições vão cooperar para o reforço da atratividade das formações que requerem mão-de-obra qualificada e se inserem num processo de mutação tecnológica acelerada pelos desafios da transição climática e da transição digital.

Esta parceria é, assim, um contributo para proporcionar aos alunos uma formação profissional inicial e aprendizagens diferenciadas, de acordo com os seus interesses, promovendo um ambiente de estágio inclusivo e a igualdade de oportunidades no acesso ao mercado de trabalho.

De destacar que o contributo para a qualificação e empregabilidade dos jovens das regiões onde opera é um dos compromissos da Agenda de Gestão Responsável 2030 da Navigator, uma estratégia que tem como propósito a criação de valor e crescimento sustentável através de três eixos estratégicos: “Pela natureza”, “Pelo Clima” e “Pela Sociedade”.

Com efeito, envolver as comunidades e promover o desenvolvimento e capacitação do capital humano, bem como uma cultura organizacional inclusiva, capaz de englobar desafios internos e externos, são alguns dos compromissos da Navigator. A título de exemplo, a Empresa tem vindo a estabelecer parcerias ativas com instituições de ensino, incluindo a realização de estágios curriculares e profissionais, bem como a participação em atividades letivas, eventos e feiras.

Figueira da Foz: Navigator contribui para economia de baixo carbono

É também uma preocupação da Navigator preservar o capital natural e contribuir para uma economia de baixo carbono, uma prioridade que se materializa num ambicioso plano de investimentos em tecnologias que recorrem a fontes de energia renovável, como a biomassa florestal e a energia solar.

O investimento de 55 milhões de euros numa caldeira de biomassa na fábrica da Figueira da Foz, inaugurada no final de 2020, tornou-a na primeira fábrica integrada de pasta e papel do Grupo que produz eletricidade totalmente a partir de fontes renováveis. De destacar que, em 2021, já foi possível obter uma redução global de 57% das emissões diretas de CO do complexo da Figueira da Foz.

No âmbito do Programa Corporativo para a Eficiência Energética da Companhia, no ano passado foi inaugurada uma nova central fotovoltaica na Figueira da Foz, o quarto projeto da Navigator no domínio da energia solar. A Central Solar Fotovoltaica da Figueira da Foz permitirá produzir anualmente cerca de 3.500 MWh de energia elétrica renovável para autoconsumo e evitar a emissão de mais de 1 200 toneladas de CO2.

Recorde-se que, em 2019, a The Navigator Company tornou-se a primeira empresa portuguesa – e, também, uma das primeiras a nível mundial – a assumir o compromisso de antecipar em 15 anos, face aos objetivos nacionais e europeus, a neutralidade carbónica dos seus complexos industriais. Este desígnio permitirá à Empresa ter, até 2035, todas as unidades fabris neutras em emissões de carbono e atingir, nessa data, uma redução de 86% das suas emissões de CO2.

Produção de combustível verde para a aviação

Um forte compromisso com a sustentabilidade está também na base do projeto para vir a desenvolver uma unidade industrial de última geração para produzir, em larga escala, combustíveis não fósseis para o setor da aviação a partir de hidrogénio verde e CO2 biogénico. Nesse sentido foi celebrado um acordo de princípio entre a The Navigator Company e a empresa alemã P2X Europe para a criação de uma joint venture – a P2X Portugal.

A instalação da P2X Portugal no complexo industrial da Navigator na Figueira da Foz marcará um passo fundamental para Portugal e para a Europa no caminho para a construção de um ecossistema totalmente integrado de produção de combustíveis verdes.

Sujeito ao cumprimento de determinadas condições precedentes e a uma decisão final de investimento positiva prevista para meados de 2023, o projeto visa atingir uma capacidade total de produção de eFuel (e-Sustainable Aviation Fuels) de 80.000 toneladas por ano.

Sobre a The Navigator Company

A The Navigator Company é um produtor integrado de floresta, pasta, papel, tissue, soluções sustentáveis de packaging e bioenergia, cuja atividade se encontra alicerçada em fábricas de última geração à escala mundial, com tecnologia de ponta. É reconhecida como uma referência de qualidade no setor em todo o mundo.

As pessoas, a sua qualidade de vida e o futuro do planeta inspiram e movem a The Navigator Company. A Companhia assume um compromisso com a criação de valor sustentável para os seus acionistas e para a sociedade como um todo, deixando às futuras gerações um planeta melhor, através de produtos e soluções sustentáveis naturais, recicláveis e biodegradáveis, que contribuem para a fixação de carbono, para a produção de oxigénio, para a proteção da biodiversidade, para a formação de solo e para o combate às alterações climáticas.

A produção de pasta e papel por parte da The Navigator Company tem por base a utilização de florestas plantadas exclusivamente para este efeito. Todos os anos, os viveiros da Navigator dão vida a mais de 12 milhões de árvores. Estes viveiros – os maiores da Europa – produzem 135 espécies diferentes de árvores e arbustos. Muitas destas, ainda que não tendo viabilidade económica, são financiadas pela Companhia, para conservação da biodiversidade e para garantir a continuidade das espécies.

As florestas sob gestão da The Navigator Company em Portugal têm um stock de carbono, excluindo o carbono no solo, equivalente a 6,1 milhões de toneladas de CO2, valor que se mantém estável graças ao modelo de gestão sustentável seguido pela Empresa.

O Grupo desenvolve uma atividade florestal verticalmente integrada, com o seu próprio instituto de investigação florestal, e é responsável pela plantação de uma vasta área florestal em Portugal continental (1,2% da área do país), 100% certificada pelos sistemas FSC1® e PEFC2. A Companhia dispõe de uma capacidade de produção de 1,6 milhões de toneladas de papel, 1,6 milhões de toneladas de pasta, 130 mil toneladas de tissue e 2,5 TWh de energia renovável por ano. Em 2021, 66% (vs. 60% em 2020) da energia produzida pela Navigator nos seus quatro complexos industriais teve origem na biomassa, dando-lhe o papel de liderança no setor, com cerca de 35% do total do país utilizando este combustível ecológico e não fóssil.

Em novembro de 2021, a The Navigator Company lançou uma nova linha de produtos de packaging, através da nova marca gKraft, com o objetivo de contribuir para acelerar a transição do uso do plástico para a utilização de fibras naturais, sustentáveis, recicláveis e biodegradáveis, assumindo assim, e uma vez mais, o seu compromisso com a sustentabilidade e com a preservação do ambiente.

1

2

- Advertisement -

✚ Farmácias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -

Últimos Artigos