12.1 C
Figueira da Foz
Segunda-feira, Fevereiro 26, 2024

Papel higiéncio Amoos Airsense da Navigator, com perfume de longa duração, eleito produto “Cinco Estrelas 2023”

EU REPÓRTER?

Metereologia

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -

O Amoos Airsense™, a primeira gama de papel higiénico com perfume de longa duração da The Navigator Company, é o vencedor na categoria “Papel Higiénico”, do Prémio “Cinco Estrelas 2023”.

A Navigator faz, assim, parte do grupo restrito de entidades distinguido por esta importante iniciativa nacional que realça a preferência dos consumidores, tendo-se destacado face a outras cinco marcas avaliadas na mesma categoria.

Nesta edição foram analisadas e testadas 1.081 marcas, produtos e serviços, em 197 diferentes categorias, ao longo de um processo que durou vários meses e integrou a opinião de cerca de 325.400 consumidores.

Após o lançamento do premiado papel Amoos AquativeTM – rolo de papel doméstico inovador com sabão integrado apto para limpeza de superfícies, galardoado pelo Prémio Cinco Estrelas 2021 –, a The Navigator Company sai de novo vencedora do Prémio Cinco Estrelas, desta vez com o papel higiénico Amoos AirsenseTM, lançado em 2022.

Criado em 2015, o Prémio “Cinco Estrelas” é um sistema de avaliação que mostra o reconhecimento dos portugueses que avaliam a qualidade, o trabalho e a excelência das marcas, produtos, serviços, personalidades ou órgãos de comunicação social, e que consideram ser, de facto, “Cinco Estrelas”. O Galardão tem como base critérios de avaliação variáveis, como a satisfação pela experimentação, relação preço-qualidade, intenção de compra ou de recomendação, confiança na marca e inovação, que influenciam a decisão de compra dos consumidores.

“Cinco Estrelas” distingue características únicas e inovadoras

O novo produto lançado pela Navigator, dermatologicamente testado para peles sensíveis, integra “pérolas” de perfume na superfície que são ativadas pelo movimento e que guardam o aroma perfumado durante mais tempo, libertando-o apenas quando o papel é utilizado em contacto com a pele e aportando uma sensação de bem-estar.

Com a tecnologia Amoos AirsenseTM, a Navigator consolida a estratégia de liderança de inovação no sector, elevando a fasquia de sofisticação no segmento dos papéis higiénicos perfumados. A marca oferece, num mesmo produto, higiene e cuidado, respondendo às necessidades dos consumidores e realçando a sua presença em vendas em mais de 40 distribuidores.

De acordo com um recente estudo de mercado elaborado por entidade independente e certificada, visando entender o que melhor motiva os consumidores a comprar o produto, verifica-se que a inovação é um elemento importante de satisfação dos portugueses nesta categoria. Em particular, o público estudado reconheceu o papel higiénico Amoos AirsenseTM como solução diferenciadora, destacando a muito boa relação preço-qualidade e a fragrância, bem como outros aspetos funcionais como a espessura e a capacidade de absorção do papel. Consequentemente, foi registada uma intenção de compra significativa.

A sofisticação e inovação de produtos como o Amoos AquactiveTM e, agora, o Air SenseTM, tem sido possível graças ao trabalho desenvolvido pelo RAIZ – Instituto de Investigação da Floresta e Papel, que integra uma equipa de investigadores de topo, além de laboratórios com tecnologia de ponta dedicados à investigação e inovação aplicada a produtos de diversos segmentos, desde pasta, papel, tissue, entre outros.

De destacar que todo o papel produzido pela The Navigator Company é ambientalmente responsável e biodegradável, obtido a partir de um recurso natural renovável proveniente de florestas bem geridas, plantado especificamente para este fim e feito com fibra virgem de eucalipto certificada e de origem controlada de acordo com o FSC® (Forest Stewardship Council® FSC-C008924).

Sobre a The Navigator Company

A The Navigator Company é um produtor integrado de floresta, pasta, papel, tissue, soluções sustentáveis de packaging e bioenergia, cuja atividade se encontra alicerçada em fábricas de última geração à escala mundial, com tecnologia de ponta. É reconhecida como uma referência de qualidade no setor em todo o mundo.

As pessoas, a sua qualidade de vida e o futuro do planeta inspiram e movem a The Navigator Company. A Companhia assume um compromisso com a criação de valor sustentável para os seus acionistas e para a sociedade como um todo, deixando às futuras gerações um planeta melhor, através de produtos e soluções sustentáveis naturais, recicláveis e biodegradáveis, que contribuem para a fixação de carbono, para a produção de oxigénio, para a proteção da biodiversidade, para a formação de solo e para o combate às alterações climáticas.

A produção de pasta e papel por parte da The Navigator Company tem por base a utilização de florestas plantadas exclusivamente para este efeito. Todos os anos, os viveiros da Navigator dão vida a mais de 12 milhões de árvores. Estes viveiros – os maiores da Europa – produzem 135 espécies diferentes de árvores e arbustos. Muitas destas, ainda que não tendo viabilidade económica, são financiadas pela Companhia, para conservação da biodiversidade e para garantir a continuidade das espécies.

As florestas sob gestão da The Navigator Company em Portugal têm um stock de carbono, excluindo o carbono no solo, equivalente a 6,1 milhões de toneladas de CO2, valor que se mantém estável graças ao modelo de gestão sustentável seguido pela Empresa.

O Grupo desenvolve uma atividade florestal verticalmente integrada, com o seu próprio instituto de investigação florestal, e é responsável pela plantação de uma vasta área florestal em Portugal continental (1,2% da área do país), 100% certificada pelos sistemas FSC®1 e PEFC2. A Companhia dispõe de uma capacidade de produção de 1,6 milhões de toneladas de papel, 1,6 milhões de toneladas de pasta, 130 mil toneladas de tissue e 2,5 TWh de energia renovável por ano. Em 2021, 66% (vs. 60% em 2020) da energia produzida pela Navigator nos seus quatro complexos industriais teve origem na biomassa, dando-lhe o papel de liderança no setor, com cerca de 35% do total do país utilizando este combustível ecológico e não fóssil.

Em novembro de 2021, a The Navigator Company lançou uma nova linha de produtos de packaging, através da nova marca gKraft, com o objetivo de contribuir para acelerar a transição do uso do plástico para a utilização de fibras naturais, sustentáveis, recicláveis e biodegradáveis, assumindo assim, e uma vez mais, o seu compromisso com a sustentabilidade e com a preservação do ambiente.

A Empresa é a terceira maior exportadora em Portugal e a maior geradora de Valor Acrescentado Nacional, representando aproximadamente 1% do PIB nacional, cerca de 2,4% das exportações nacionais de bens, e mais de 30 mil empregos diretos, indiretos e induzidos. Em 2021, a The Navigator Company teve um volume de negócios de € 1,596 mil milhões. Mais de 90% dos produtos do Grupo são vendidos para fora de Portugal e têm por destino aproximadamente 130 países.

Recorde-se que a Navigator tornou-se a primeira empresa portuguesa, e uma das primeiras a nível mundial, a definir o ambicioso compromisso de antecipar em 15 anos a neutralidade carbónica dos seus complexos industriais, um objetivo para o qual alocou um investimento de mais de 200 M€, parte dos quais já executado com a construção de uma Caldeira a Biomassa na Figueira da Foz e outra parte candidatado à componente da Descarbonização na Indústria do PRR, que permitirá atingir em final de 2026 as metas propostas inicialmente no Roteiro de Descarbonização para final de 2029.

Este compromisso é o culminar de uma estratégia de gestão responsável do negócio que já havia sido distinguida pelo CDP (antes Carbon Disclosure Project, agora Disclosure Insight Action), em 2019 e 2020, com a classificação de líder global no combate às alterações climáticas. A The Navigator Company foi reconhecida pela sua atuação na redução de emissões, diminuição dos riscos climáticos e desenvolvimento de uma economia de baixo impacto de carbono.

No final de 2021, a The Navigator Company aderiu à iniciativa Science Based Targets initiative (SBTi), tendo submetido logo no momento da adesão as suas metas de redução de emissões de gases com efeito de estufa (GEE) com base na mais atual ciência climática, dispensando, assim, o período de dois anos que as empresas dispõem e tipicamente utilizam para o fazer. A Companhia tem vindo a desenvolver um conjunto de estratégias para medir e reduzir a sua pegada total de GEE, bem como promover a mitigação e adaptação aos riscos gerados pelas alterações climáticas. Com a adesão aos SBTi, a Empresa avança no alinhamento com critérios e metodologias de base científica que merecem reconhecimento internacional no âmbito da agenda global do clima, afirmando a sua liderança em sustentabilidade.

Já em 2022, a Navigator obteve uma pontuação de 14,3 no ESG Risk Rating referente a 2021, voltando a posicionar-se entre as melhores empresas do mundo em matéria de sustentabilidade, sendo esta a melhor classificação obtida desde que começou a integrar as avaliações da Sustainalytics. Com esta classificação, a Empresa mantém-se na categoria “Low Risk”, significando que apresenta um baixo risco para investidores, e ocupa o terceiro lugar, tanto no ranking das empresas do grupo de indústrias do “Papel e Floresta” – num total de 81 empresas globais que fazem parte deste cluster –, como no do subgrupo “Papel e Pasta”, num total de 60 empresas a nível mundial.

1

2

- Advertisement -

✚ Farmácias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -

Últimos Artigos

%d