14.1 C
Figueira da Foz
Quarta-feira, Maio 29, 2024

Chega também quer N109 requalificada

EU REPÓRTER?

Metereologia

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -

A equipa concelhia do partido Chega da Figueira da Foz elaborou uma «carta aberta» direcionada para o alerta do estado de conservação da estrada N109. À semelhança de outras manifestações partidárias, a preocupação desta força política é focada na importância desta via para deslocações pendulares diárias ou não de pessoas e distribuição de matérias-primas.

Segue a carta aberta completa:

«O Grupo de Trabalho Concelhio Chega Figueira da Foz, alerta para o problema que se arrasta há anos: a estrada N109 que se encontra num estado lastimável, entre a Freguesia do Carriço (concelho de Pombal, distrito de Leiria) e o concelho de Mira (distrito de Coimbra).

Esta estrada nacional é o único acesso à Zona Industrial a Sul da Figueira da Foz e aos dois complexos industriais celulósicos do concelho da Figueira da Foz: The Navigator Company – Complexo da Figueira da Foz e Celbi, SA, reconhecidos internacionalmente. A referida estrada Nacional é também um meio de escoamento de produtos de e para o porto marítimo da Figueira da Foz. A Navigator exporta para 130 países, dos 5 continentes, tem um volume de negócios de mais de 350 milhões de euros e a Celbi que tem a melhor pasta de papel da Europa, com um volume de negócios também superiores a 350 milhões de euros. A maior parte da matéria-prima e exportações destas celuloses circulam na N109, tornando esta estrada uma mais-valia para a economia de toda a região e do país. Não esquecendo que estas duas empresas, são as maiores dos distrito de Coimbra. A passagem de viaturas de grande porte é constante, dia e noite, tanto para servir as celuloses, como as diversas zonas industriais dos diversos concelhos. O Porto da Figueira ainda é um meio bastante utilizado para quem não quer utilizar as auto-estradas. Com a chegada do Verão, esta estrada serve as diversas praias ao longo da nossa vasta costa, o que a torna numa passagem incontornável para todos os veraneantes das nossas praias, aumentando fortemente o tráfego de pessoas e veículos. Também na margem sul do rio está inserido o Hospital Distrital da Figueira da Foz, que serve vários concelhos do distrito. Para chegar ao hospital não existem mais alternativas, sendo a única estrada nacional por onde podem ser encaminhadas as emergências e as centenas de milhar de utentes que este hospital serve. Sendo a Figueira da Foz uma zona piscatória, com um porto de pesca nacionalmente conhecido, também é através da N109, que é escoado o peixe, as conservas e o sal que aqui se produzem.

Com condições de piso tão irregulares e em tão mau estado, aumenta-se exponencialmente o risco para todos os utilizadores da N109. A sinistralidade corre o risco de aumentar devido às más condições rodoviárias desta via de circulação. É urgente que a IP – Infraestruturas de Portugal, faça uma intervenção de fundo na N109 e não só pequenos reparos e alterações pontuais, apenas em alguns pontos desta via, deixando toda a restante via em más condições, com elevado desgaste e deterioração, alterações bruscas de piso, desníveis transversais e longitudinais da via, alcatrão em mau estado, inexistência de bermas, má sinalização horizontal e mesmo falta de marcações visíveis em longos troços da mesma. Conduzir à noite nesta via é um desafio muitas vezes perigoso. Em condições de nevoeiro, tanto de dia como de noite, é muito perigoso percorrer esta via, onde a marcação do traçado de sinalização é quase inexistente.

Chega de esperar, é hora de agir”. O Grupo de Trabalho Concelhio Chega Figueira da Foz , propõe que seja feito o Convite ao Presidente da Republica o ao Primeiro Ministro a visitar a Nacional 109 no concelho da Figueira da Foz.

Hermínio Martinho
Coordenador do Grupo de trabalho Concelhio do Chega Figueira da Foz»

- Advertisement -

✚ Farmácias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -spot_img
- Advertisement -

Últimos Artigos

%d