Crazy New World – Opinião – Ricardo Costa Santos

385
Texto de Opinião

Ricardo Costa Santos

Crazy New World

Quando em Janeiro de 2021 se iniciou o processo de vacinação para a Covid-19, seria justo pensar que o regresso a uma realidade com algum semblante de normalidade estaria próximo. Menos de 2 anos depois, verificamos que ou a normalidade está a passar por uma grave crise de saúde mental ou simplemente desistiu e já não quer nada connosco. Repare apenas nos acontecimentos do último mês:

Aos 22 anos, Mahsa Amini morreu sob custódia das autoridades iranianas depois de ter cometido o crime de usar a hijab de forma incorreta (leia-se andar com o cabelos à solta). O bárbaro acontecimento gerou uma onda de protestos com eco na imprensa internacional que, até à data, gerou 76 vítimas mortais (1) e promete prolongar-se no tempo por mais uns dias ou semanas. 

Ainda no ramo de ditadores e protestos, aquele dirigente russo com um nome extraordinariamente semelhante à palavra francesa sinónima de meretriz aproveitou o mês de Setembro para, entre ameaças ao Ocidente, anunciar de mobilização de 300 000 reservistas para o seu delírio imperialista (2). A resposta popular ao anúncio foi recebida com um misto de protestos, tentativas de fuga e até outras que, se não estivéssemos a falar de um país cujo líder está a um botão do apocalipse, consideraríamos dignas dos apanhados (3)

Já do nosso lado do burgo, não existem grandes motivos para celebração: o novo ministro da Saúde nomeou um CEO para responder à epidemia de bebés que vitimou Marta Temido (4), o Ministro da Educação seguiu o exemplo de Patrícia Gaspar e justificou que os 60000 alunos sem professor não eram assim tão maus já que toda a gente previa que seriam  100000 alunos sem aulas (5)

No entanto, nem tudo é mau: 50 anos, 71 milhões de euros (6) e centenas de horas a ler estudos que demonstravam tudo e o seu contrário (7) depois, vem agora sim o verdadeiro e definitivo estudo que definitivamente arrumará a questão da localização do novo aeroporto. Precisamos de mais alternativas porque, de facto, Rio Frio, Ota, Alcochete jamais (em francês), Alcochete, Montijo, Alcochete E Montijo ou Santarém são, de facto, curtas e quiçá pouco estudadas. Por este andar, os filhos dos meus netos nascerão a tempo de testemunhar a colocação do primeiro tijolo. Isto claros e os Russos ou os Chineses não decidirem começar os fogos de artifício até lá.

 


1 https://iranhr.net/en/articles/5500/
2 https://www.publico.pt/2022/09/21/mundo/noticia/putin-decretou-mobilizacao-parcial-muda-sera-chamado-combater-2021387
3 https://www.jn.pt/mundo/russos-procuram-dicas-sobre-partir-o-braco-para-escapar-a-guerra-15187162.html
4 https://www.noticiasaominuto.com/pais/2079022/oficial-fernando-araujo-e-o-primeiro-ceo-do-sns-e-sede-sera-no-porto
5 https://www.portugal.gov.pt/pt/gc23/area-de-governo/educacao/multimedia?m=v&i=ministro-da-educacao-sobre-a-colocacao-de-professores
6 https://poligrafo.sapo.pt/fact-check/estado-ja-gastou-mais-de-70-milhoes-em-estudos-e-consultorias-para-escolher-local-do-novo-aeroporto
7 https://www.tsf.pt/economia/o-pais-ja-estudou-o-que-tinha-a-estudar-diz-costa-sobre-aeroporto-do-montijo-5670152.html

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui